Gênesis e Apocalipse

gênesiseapocalipseO Apocalipse pode ser comparado ao livro de Gênesis. Em Gênesis, lemos que ao ajuntamento das águas chamou [Deus] Mares (Gn 1.10). Em Apocalipse, lemos que o mar já não existe (Ap 21.1).

Gênesis descreve o primeiro Adão e sua esposa, Eva, no jardim do Éden, reinando sobre a terra (Gn 1.27,28). O Apocalipse descreve o último Adão e a Sua esposa, a Igreja, na Cidade de Deus, reinando sobre todo o universo (Ap 21.9).

Em Gênesis, Deus criou o sol e a lua, o dia e a noite (Gn 1.5,16). Em Apocalipse, lemos que ali não haverá mais noite (Ap 22.5).

E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem aluminado, e o Cordeiro é a sua lâmpada.  Apocalipse 21.23

Em Gênesis, a árvore da vida é negada ao homem pecador (Gn 3.22). Em Apocalipse, a árvore da vida produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês, e as folhas da árvore são para a saúde das nações (Ap 22.2).

Em Gênesis, o homem ouve Deus dizer: maldita é a terra por causa de ti (Gn 3.17). Em Apocalipse, o homem ouvirá Deus dizer: E ali nunca mais haverá maldição contra alguém (Ap 22.3).

Em Gênesis, Satanás aparece para atormentar o homem por algum tempo (Gn 3.1). Em Apocalipse, Satanás desaparece, ele próprio sendo atormentado para sempre (Ap 20.10).

Em Gênesis, a velha terra foi punida por um dilúvio (Gn 7.12). Em Apocalipse, a nova terra será purificada pelo fogo (Ap 21.1; cf 2Pe 3.6-12). Em Gênesis, a primeira casa do homem ficava às margens de um rio (Gn 2.10). Em Apocalipse, a eterna casa do homem ficará às margens de um rio:

E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro.  Apocalipse 22.1

Em Gênesis, o patriarca Abraão chora por Sara (Gn 23.2). Em Apocalipse, os filhos de Abraão terão todas as lágrimas enxugadas dos seus olhos pelo próprio Deus (Ap 21.4).

Em Gênesis, Deus destrói uma cidade terrena, a ímpia Sodoma, fazendo-a desaparecer da campina (Gn 19). Em Apocalipse, Deus apresenta uma cidade celestial, a nova Jerusalém, dos céus (Ap 21.2).

Gênesis termina com um crente deitado num caixão no Egito (Gn 50.1-3). O Apocalipse termina com todos os crentes reinando para sempre na eternidade (Ap 21.4).

Fica na paz!

Até a próxima!

, ,
One comment on “Gênesis e Apocalipse
  1. Pingback: Linde X Hawking (a “Batalha Cósmica da Criação”!) | Questões Cosmológicas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: