O porquê que Deus exige santidade

Deus 2O pecado é tão abominável a Deus que não pode coexistir com Ele. O mesmo deve acontecer com seu povo. O Senhor é santo e espera que Seu povo reflita Sua santidade (Lv 11.45; 19.2).

Deus exigia medidas severas  para eliminar os pecados e os pecadores da comunidade com quem tinha uma aliança. O Senhor ofereceu perdão, mas apenas aos verdadeiramente arrependidos. Aqueles que endureciam o coração já poderiam esperar pelo juízo divino – um fogo devorador, um processo de purificação que devora os pecadores e seus pecados e não deixa nada para trás (Hb 12.28,29). Essa purificação existia para curar a comunidade de crentes e dissuadir os outros de rebelar-se contra o Senhor (Dt 17.13).

Logo no início do Antigo Testamento, o juízo de Deus entre Seu povo era geralmente imediato (ver Nm 11.1-3). O Senhor fez Seu povo ciente de Sua exigência por obediência e da pena àqueles que desobedecessem.

A retribuição de Deus agora é reservada para o futuro Dia do Juízo, quando os pecados dos injustos e dos santos serão expostos e julgados (2Co 5.10)). No entanto, alguns casos de calamidade podem ser entendidos como o juízo de Deus sobre Seus filhos desobedientes (1Co 11.27-30). Ainda é uma “horrenda coisa […] cair nas mãos do Deus vivo” (Hb 10.31).

Você poderá gostar desse artigo também, lendo no site: O EXÍLIO  e OS NOMES DE DEUS

Fica na paz!

,
2 comments on “O porquê que Deus exige santidade

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: