E JUDAS ISCARIOTES?

E JUDAS ISCARIOTES?

Judas, o apóstolo.

A. O seu chamado (Mt 10.4; Mc 3.19; Lc 6.16).
B. Sua cidade.
A palavra Iscariotes significa literalmente “o homem de Queriote”. Queriote era uma cidade no sul da Judeia. Além disso, Judas era o único apóstolo que não era da Galileia.
Judas, o apóstata.
A. Os defeitos de Judas.
  • Ele era ladrão (Jo 12.1-8).

*As circunstâncias envolvidas (Jo 12.3).

*A crítica envolvida (Jo 12.4,5).
*A insensibilidade envolvida (Jo 12.6).
  • Ele era um traidor.

O Novo Testamento refere-se à traição de Judas a Cristo 16 vezes (Mt 10.4; 26.16,25; Mc 3.19; 14.10,11; Lc 6.16; 22.4,6; Jo 6.71; 12.4; 18.2,5; At 1.16,18,25).

  • A pessoa por trás do crime de Judas.

(1) Satanás controlou-o desde o início (Jo 6.70,71).

(2) Satanás era seu pai espiritual. – Jesus referiu-se a Judas como filho da perdição (Jo 17.12).
(3) Satanás colocou o desejo no coração de Judas de trair Cristo (Jo 13.2).
(4) Satanás chegou a entrar em Judas em duas ocasiões. 
a) Primeira ocasião: pouco antes dos eventos da sala superior (do local onde Jesus celebrou a Ceia com seus discípulos)/ (Lc 22.3).
b) Segunda ocasião: na sala superior (Jo 13.27).
  • O preço recebido pelo crime de Judas (Mt 26.14-16).
  • As profecias sobre o crime de Judas.

(1) Profetizada em Salmos.

Pouco antes de Pentecostes, na sala superior, Pedro lembrou os 120 dessas profecias, referindo-se aos três salmos do Antigo Testamento (compare At 1.16,17 com Sl 41.9; compare At 1.20 com Sl 69.25; 109.8).
(2) Profetizado pelo Salvador (Jo 13.21,25-30).
  • O local do crime de Judas (Mt 26.48-50; Jo 18.1-3).

B. A morte de Judas.

(1) A penitência do traidor.
a) A tristeza antes de sua morte (Mt 27.3,4).
b) O método da sua morte (Mt 27.5; At 1.18).
(2) O problema dos primeiros sacerdotes (Mt 27.7,8).
(3) A profecia do profeta (Mt 27.9,10).
Portanto, (Judas Iscariotes)
1. Supõe-se que ele tenha vivido próximo a Hebrom, em Judá, sendo assim o único dos doze apóstolos que não era da Galileia.
2. Ele era o tesoureiro dos Doze (Jo 12.6).
3. Ele era um ladrão desalmado (Jo 12.4-6).
4. Ele havia se comprometido com Satanás no início do ministério de Cristo (Jo 6.70,71).
5. Ele fez planos de trair Cristo por 30 moedas de prata (Mt 26.15,16).
6. A essa altura, Satanás tinha total controle sobre Judas (Lc 22.3; Jo 13.27).
7. Ele recebeu o bocado molhado de Jesus no cenáculo, o que o identificou como sendo o traidor (Jo 13.26,27). Os discípulos, entretanto, não perceberam o que Cristo fez.
8. Ele levou o grupo de soldados ao Getsêmani (Jo 18.2-4).
9. Ele traiu Cristo com um beijo (Mt 26.49).
10. Com grande remorso, ele devolveu o dinheiro e reconheceu seu terrível pecado diante dos indiferentes sacerdotes judeus (Mt 27.3,4).
11. Ele, então, retirou-se e enforcou-se (Mt 27.5).
12. Ele é considerado, por alguns, como o anticristo vindouro, com base na afirmação de Cristo em João 17.12 e nas palavras de Paulo em 2Ts 2.3.
Dados
Citado pela primeira vez na Bíblia: Mt 10.4.
Citado pela última vez: At 1.25.
Significado do nome: “Adoração”.
Mencionado: 22 vezes.
Livros da Bíblia que citam Judas Iscariotes: cinco livros (Mateus, Marcos, Lucas, João, Atos dos Apóstolos).
Cargo: apóstolo.
Lugar onde nasceu: provavelmente na cidade de Queriote, em Judá.
Lugar onde faleceu: em Jerusalém ou proximidades.
Como foi morto: ele enforcou-se (Mt 27.5; At 1.18).
Detalhe importante sobre a vida de Judas Iscariotes: ele foi o apóstolo que traiu Cristo.
Você também vai gostar de ler: OS DOZE DISCÍPULOS DE JESUS
Fica na paz!
Até a próxima!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: